quinta-feira, 9 de junho de 2011

O que é Manutenção Produtiva Total (TPM)?


Por Markus Hofrichter

Ela pode ser considerada a ciência médica das máquinas. Manutenção Produtiva Total (TPM) é um programa de manutenção que envolve um novo conceito para a manutenção de fábricas e equipamentos. O objetivo do programa TPM é aumentar consideravelmente a produção e, ao mesmo tempo, a moral dos funcionários e sua satisfação no trabalho.

A TPM coloca ênfase na manutenção como uma parte necessária e vitalmente importante dos negócios. Não é mais considerada uma atividade sem fins lucrativos. O tempo de parada para manutenção é agendado como parte da rotina de fabricação e, em alguns casos, como parte integrante do processo de fabricação. O objetivo é baixar ao mínimo as manutenções de emergência e não agendadas.

Por que TPM ?

A TPM foi introduzido para atingir os seguintes objetivos. Os mais importantes estão relacionados abaixo.
  • Evitar desperdícios em um ambiente econômico que está mudando rapidamente.
  • Produzir bens sem reduzir a qualidade do produto.
  • Reduzir custos.
  • Produzir uma pequena quantidade de lote o mais cedo possível.
  • Os bens enviados aos consumidores não podem conter defeitos.
Semelhanças e diferenças entre TQM e TPM:

O programa TPM é bastante semelhante ao popular programa Gestão de Qualidade Total (TQM). Muitas das ferramentas, como autonomia do funcionário, benchmarking, documentação, etc., usadas no TQM são usadas para implementar e otimizar o TPM. A seguir, as semelhanças entre os dois.
  1. Um compromisso total com o programa por parte da alta gerência é necessário em ambos os programas;
  2. Os funcionários devem ter autonomia para iniciar uma ação corretiva, e
  3. Deve-se aceitar um panorama amplo, pois o TPM pode levar um ano ou mais para ser implementado, e é um processo contínuo. Deve haver também mudanças na mentalidade dos funcionários com relação a suas responsabilidades no trabalho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário